Também ando perdido esses dias
R$ 110
Guilherme Freire e Vitor Ramos trocam correspondências que os conectam em um período de amadurecimento atravessado pela incerteza do futuro imediato e desconexão emocional com o espaço ao redor. Lançados em constante deslocamento pelas suas respectivas cidades - Fortaleza e Natal - os dois jovens usam a fotografia para construir suas identidades a partir de cenas e símbolos familiares da cultura local.

Fotografias e textos| Guilherme Freire e Vitor Ramos

Edição | Guilherme Freire, Rafael Roncato e Vitor Casemiro
Projeto gráfico | Beatriz Matuck
Revisão de texto | Thayná Facó

Ano | 2021
Tamanho | 21 x 15,5 cm
Encadernação | Brochura
Páginas | 78
Tiragem | 200