Guilherme Freire (b. Fortaleza, 1995) faz parte da nova geração de artistas cearenses. Trabalhando com fotografia analógica, explora sua relação íntima com o espaço urbano em cenas e fragmentos da ocupação humana a partir da estética do cotidiano. Participou de exposição coletiva na Galeria Vicente Leite, com o ensaio "Sucata" (2017), e da Feira Oriente de Artes Visuais (RJ) com o ensaio "Pedaços de Lugar Algum" (2019). Expôs também em mostras independentes organizadas pelo Coletivo Muvuca, o qual fundou e integrou até 2018. Trabalha desde 2019 na Imagem Brasil Galeria, onde coordena as atividades expositivas e formativas da instituição.

mail: gfreirec@outlook.com

instagram: @guilhermfreire